Finanças

Descubra como funcionam os ciclos do Bitcoin

Reunimos neste artigo, algumas das principais informações que você precisa para entender sobre como funcionam os ciclos do Bitcoin. Vamos lá?

Escrito por redacao · 3 minutos de leitura >
Descubra como funcionam os ciclos do Bitcoin

Os ciclos do Bitcoin ainda são um assunto pouco discutido no mercado de criptomoedas. No entanto, estes ciclos têm um papel fundamental na hora de investir nestes criptoativos e até mesmo de promover segurança para o seu bolso.

É pensando nisso, que reunimos neste artigo, algumas das principais informações que você precisa para entender sobre como funcionam os ciclos do Bitcoin. Vamos lá?

Halving: o que é?

Antes de iniciarmos, vamos entender um pouco sobre o que é dividir pela metade – afinal, este é um dos eventos mais importantes para o mercado de criptomoedas, em especial, para o mercado de Bitcoins.

Basicamente, o algoritmo da BTC diz que a mineração dos ativos após 210 mil blocos é reduzida pela metade, evento este que ocorre a cada 4 anos e é conhecido por halving.

Para se ter uma ideia, o Bitcoin opera através de dois ciclos, que são correlacionados entre si, mas que não aparecem em intervalos regulares, ou seja, não são nem um pouco periódicos.

Neste aspecto, o ciclo técnico (primeiro) é definido através do algoritmo do Bitcoin, já o ciclo de precificação (segundo), é o efeito resultante de um grande número de pessoas – neste caso, os usuários da cripto.

Sendo assim, este cenário só é perceptível com base em uma volatilidade alta de acordo com um longo período de tempo para sua consideração.

Numa perspectiva mais abrangente, o fluxo constante do preço do Bitcoin diminui até que um determinado valor consideravelmente estável seja alcançado.

A Cotação do Bitcoin

Nenhum sistema é realmente perfeito, e isso também não poderia ser diferente com a Bitcoin, portanto, seu desenvolvimento é tido por meio de etapas que visam reduzir objeções a longo prazo.

Estas etapas são chamadas de ciclos do Bitcoin, que constantemente trazem pontos para o desempenho da criptomoeda dentro do mercado.

Mas é claro, todo esse processo depende do seu protocolo open-source (ou em português, protocolo de código-aberto).

A criptomoeda passa por uma série de inovações que se tornam experimentos e, muitas vezes, trazem grandes vantagens para ela.

No final, é a decisão das pessoas que contam, culminando para o crescimento exponencial do ativo.

O Ciclo Técnico do Bitcoin

Após a redução do preço do Bitcoin pela metade, leva-se um determinado tempo até que seus participantes percebam a escassez da oferta.

Isso se dá, porque apenas uma certa proporção da oferta de Bitcoins no mercado, são resultados diretos da mineração de novas BTCs.

O restante destes ativos é gerado a partir das negociações de compra e venda destas criptos, algo que, inclusive, é seguido por momentos de altas ao longo do tempo e com ajuda de um conversor pode ser calculado.

E bem, é aqui que o dinheiro entra em jogo, uma vez que, se um dos investidores sente que algo não está indo bem, a moeda é posta à venda e os próximos passos são as reações em cadeia, podendo moldar drasticamente a direção de seu ecossistema.

Sendo assim, um investidor que adquiriu a criptomoeda em um halving e a vendeu em um outro momento, obteve lucros.

Isso acontece porque a cotação do Bitcoin no início da redução, foi abaixo do valor de mercado em seu período de estabilidade.

Mas preste atenção!

Atualmente, as tendências de início e fechamento destes ciclos mostram um valor cada mais padronizados em relação a outras épocas – em outras palavras, essa diferença dos picos de preços estão se tornando cada vez menores.

Uma das razões para esse acontecimento se refere a diminuição da inflação do Bitcoin.

Os Ciclos do Bitcoin

O cálculo dos ciclos do Bitcoin é realizado escolhendo o início como o preço mínimo durante a chamada “formação de fundo após um pico”, ou pós-halving.

Quanto mais lento for o período entre um ciclo e outro, maior será o seu valor de cotação.

Ainda assim, vale ressaltar que após uma série de ciclos na rede, menores serão as diferenças entre cada um deles, além da BTC atingir um valor de mercado estável.

Por isso, a halving tem um papel importante para o ecossistema desta cripto, pois gera menos volatilidade e contribui para sua estabilização de preços, criando um efeito positivo.

Por outro lado, tempos de queda podem ser movimentos alarmantes para quem pretende investir na cripto, uma vez que, se a teoria da deflação de halving falhar, muito provavelmente ocorreram oscilações ao seu valor de mercado.

Assim, diversas moedas como ETH ou Grin, podem ultrapassar o BTC e tornar este mercado totalmente diferente daquele que víamos a alguns anos atrás.

Nesse aspecto, as halvings podem comprometer diretamente o mercado de BTCs, uma vez que, quanto menos capital é distribuído para os minerados, mais chances terão para uma possível centralização acontecer.

E finalmente, quando nenhuma moeda for extraída, os mineradores só poderão receber taxas de transação como recompensa.

Conclusão

Agora que você já sabe como funcionam os ciclos do Bitcoin, que tal conhecer um pouco mais sobre como comprar Bitcoins a preço baixo?

Afinal, dizer como o BTC se desenvolverá no futuro, ainda é muito incerto, no entanto, você pode usar isso como propulsor para gerar lucros e expandir seus resultados.

Portanto, não perca tempo e acesse nosso artigo agora mesmo. Até breve!

Como investir seu dinheiro através do empreendedorismo

Como investir seu dinheiro através do empreendedorismo

redacao dentro Finanças
  ·   2 minutos de leitura
Cartão de crédito Pan é bom? Descubra aqui!

Cartão de crédito Pan é bom? Descubra aqui!

redacao dentro Finanças
  ·   3 minutos de leitura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *