Motos sem entrada

Comprar uma moto sem entrada é o desejo de milhares de brasileiros que precisam do veículo, seja para lazer ou para trabalhar. No entanto, poucas são as instituições e concessionárias que possibilitam o financiamento de motos sem entrada. Mas, mesmo sendo difícil, ainda há opções no mercado.

Não é todo mundo que possui o valor de entrada cobrado pela maioria das concessionárias para financiar uma moto. Por outro lado, há algumas alternativas para comprar uma moto sem entrada. O melhor é que os juros e taxas são moderadas, apresentando um bom custo-benefício.

Nesse artigo nós mostraremos como financiar uma moto sem entradas, quais são as principais vantagens desse modalidade e outras informações importantes.

Vantagens e desvantagens de financiar motos sem entrada

Motos EntradaEssa modalidade de financiamento traz alguns benefícios e vantagens para quem deseja comprar uma moto mas não possui dinheiro para dar de entrada. A começar por não ser necessário pagar à vista uma parte do valor do veículo desejado.

Outra vantagem é a possibilidade de escolher a quantidade de parcelas do financiamento sem entrada. No entanto, como o comprador não dará entrada, o valor das parcelas serão maiores. Já que o valor da entrada será adicionado nas mensalidades do financiamento da moto sem entrada.

A liberação da moto só será liberada após o pagamento de boa parte do financiamento, ou até mesmo do total previsto. Essa demora é uma desvantagem considerável, principalmente para aqueles que desejam comprar uma moto para trabalhar.

Financiamento de Motos com Zero de Entrada

Atualmente, a única instituição financeira que financia motos com zero de entrada é o Banco do Brasil. Esse serviço é oferecido pelos clientes BB e pode ser contratado através de uma agência ou pelas centrais de atendimento do banco.

Outras instituições também disponibilizam essa linha de serviço, mas não arcam com o valor total do financiamento. Ou seja: exigem uma entrada para liberar a garantia de financiamento. Veja abaixo a tabela com as principais taxas e juros dos principais bancos do país:

Banco Juros Financiamento Prazo de pagamento
Caixa 1,24% ao mês Até 80% do valor Até 05 anos
Banco do Brasil Não informado Até 100% do valor Até 03 anos
Bradesco 4,81% ao mês Até 90% do valor Até 03 anos
Porto Seguro Não informado Até 70% do valor Até 04 anos

Para obter mais informações sobre os juros e taxas cobradas, entre em contato com a instituição financeira que está oferecendo o serviço para obter mais detalhes. Você poderá obter essas informações quando for financiar moto sem entrada.

Financiar moto sem entrada – Como fazer?

Se você já escolheu a moto que deseja financiar, então a dica é pegar seus documentos pessoais (Carteira de Identidade, CPF), comprovante de residência e comprovante de renda e ir até uma concessionária mais próxima de sua residência. No local você deverá informar que deseja financiar uma moto sem entrada. Em seguida, o vendedor explicará todos os detalhes do financiamento.

Após assinar a proposta e o contrato, o comprador participará de um consórcio. Agora é ir pagando as parcelas e esperar ser sorteado para retirar a moto sem entrada. Lembrando que, quanto menos parcelas o financiamento tiver, mais rápido a sua moto chegará.

Nesse momento, peça para o vendedor detalhar os juros e as tarifas cobradas no financiamento. A melhor forma de fazer o melhor negócio é entender, perfeitamente, como o funciona o financiamento de motos sem entrada.

Conclusão

Para quem deseja comprar uma moto sem entrada, há algumas opções no mercado. É preciso ficar de olho nas ofertas dadas por feirões municipais de estaduais. Além de certificar-se, sempre, se o seu banco oferece esse tipo de financiamento. Entre em contato com a sua instituição financeira e peça mais informações sobre esse produto.